De dentro para fora – 7 Mulheres Negras que fazem moda na 1º pessoa, você irá se surpreender

Existe uma pergunta que me perturba, e sei que lhe perturba também. Onde é que se encontram as mulheres negras na moda?

Sempre em que  abro um artigo  nacional  em que se fala sobre a relação das mulheres Negras  na moda,  me deparo com uma riqueza de mulheres protagonistas , Mesmo assim ainda existe algo que me perturba imensuravelmente, é que na grande maioria as menções  são direcionadas ícones internacionais.

 Mas Braaaseeeaaalll ,Fazemos alusões integralmente sobre representatividade da mulher negra em nossa sociedade nos diversos campos, e quando nos deparamos com este, inconscientemente inibimos a existência delas.

Claroooooooooooo, que quando levanto este questionamento para o contexto para as profissionais fazem a máquina da moda funcionar.Sendo elas designers, estilistas, desenvolvedoras de conteúdo, jornalistas, produtoras dentre outras tantas profissionais que são a engrenagem desta indústria . Contudo sabemos em que na atual sociedade em que vivemos a  moda tem tido um olhar de parâmetro fútil e diretamente ligada ao mercado de consumo exacerbado e de propagandas enganosas. Isto é um fato. Mas a moda tem um papel fundamental na concepção da sociedade.

Para que você possa entender melhor , um pouquinho sobre a história da moda. O seu termo vem do Latim modus que significa modo, ou maneira.  Foi denominada assim por relacionar  a história do vestuário ao tempo, assim embutindo contextos políticos ,e sociais onde o pré -conceito da moda vem pela sua relação temporal efêmera e por se  importar com a estética visual . Entenda há moda em tudo que te rodeia. 

 “Ela produz objetos que geram símbolos, sendo, portanto, objetos portadores de significado. Esses objetos têm um foco na criatividade. ”  – Oluyiá França em Auto-retrato: Identidade e Mercado. ( em breve farei um dossiê dessa mulher incrível )

Logo, nós também possuímos mulheres  negras enjangadas trabalhando na indústria da moda.Apesar de constituírem a minoria é totalmente equivocado dizer que elas não existam. E deslegitimar a lacuna em que abriram para os novos profissionais.

Ninguém te contou isso né? eu sei! E quando vós digo isso tenho total propriedade no que digo.

Veja bem não estou isentando ou anulando a presença do racismo na moda, estou aqui  apenas posicionando  e direcionando novas referências ao tema.

Um outro fato que  não te contaram  é que estas mulheres  não apenas abriram , elas escancararam  uma porta que não dá mais para fechar. É serio! E para  confirmar isto hoje listei 7 Mulheres Negras que fazem moda na primeira pessoa.

  1.  Igi  Ayedun

    street-style-by-stela_Igi-Ayedum-2            Foto retirada do site Street Style by Stela

    A sua primeira aparição na mídia se deu em 2005 quando fazia parte da Galera Capricho se tornou protagonista da matéria ” Doce e forte ”  na edição  Revista capricho – ED.967 29/05/05. Igi Ayedun é Apontada pela V Magazine Espanha como um dos talentos brasileiros mais notáveis dessa geração, a paulistana Igi Ayedun é uma image maker e repórter com experiência nos setores editorial, televisivo e de publicidade radicada em Paris. – Fonte: igiayedun.comComo eu a conheci?  A gente estudou junto na UNIBES foi um breve período por lá, mas se eramos amigas? Não, Não apenas conhecidas , mas a verdade é que a primeira vez em que vi um Samakaka ( O tecido tipico de Angola) Certamente foi com ela, ela usava um vestido feito por esse tecido e uma melissa rosa chiclete , Sim foi aí que surgiu a minha paixão por melissas, e tecidos africanos, ela foi a minha primeira referência de moda , Só tive contato depois quando ela estava visitando o Brasil,  e faria um Workshop, isto em meados de 2010/2012 aí eu já era louca e apaixonada por moda.

    O que você não sabe sobre ela é que além de ter um excelente curriculum  , ela é uma mulher negra TOTALMENTE emponderada.  Há o artigo que ela escreveu chamado ” Dia da consciência negra e sim, vamos falar de moda? “ Onde ela conta um pouquinho da sua história  , sua infância, e do trabalho desenvolvido pelo seu pai  um dos diretores da Fundação Palmares, que  teve a vida lutando por políticas públicas de inclusão no Brasil e na África Além de fazer um pequeno cronograma da história da mulher negra na Moda. é o meu favorito!

    Tenho certeza que você nunca leu essa matéria :  “Novos talentos da moda: Igi Ayedun é promessa do styling nacional com 21 anos de idade e sete de carreiraEsta matéria foi publicada em 2011 pelo site Mulher.uol.

    Atualmente Igi é diretora de moda da revista independente U+MAG, e Web colunista  no  O Estado De S Paulo.
    Além de  contribuir para  diversos outros veículos , entre eles ELLE,  L’Officiel, FFW, entre outras.Igi Ayedun Além da pouca idade já teve a honra de entrevistar Marc Jacobs, Gisele Bündchen,Bernard Delettrez, Pierre Hardy,  Bethann Hardison. dentre outros tantos ícones da moda.

    Screenshot_2015-05-12-18-49-58_670
    ( essa com certeza é uma das entrevistas em que mais gosto – retirada do site www.igiayedun.com


     

  2.  Magá Moura

    10900038_1532426000353729_2530700342064940707_oFoto de Santiago Carlucci para CATSU

    Os mal informados dirão que ela é apenas uma It Girl da Nike,  Blogueira e apresentadora. ÉEEEEEEEEEEE Não!

    Magá Moura é Formada em Relações Públicas pela Faculdade Cásper Libero, Cursou IED – Istituto Europeo di Design com formação em Coolhunter  com a Loo Nascimento e em  Fashion Marketing na  London College of Fashion.Para quem não sabe a London College of Fashion é  um dos principais centros da moda mundial. Por onde também passou Luíza Brasil.

    Coolhunter é o pesquisador da sociedade , significa que a Deva Magá Moura  é uma observadora , ela com o seu olhar consegue compreender e antecipar indícios de novos , hábitos, comportamento   e  manifestações culturais.
    E explicar como estas ações e manifestações irão se interligar a moda. Já  a graduação de Fashion Marketing é totalmente voltada para o Mercado da Moda  como ele funciona quanto indústria.Mas para dizer de moda com a  Magá Moura é ir da Vogue até  o África onde esteve recentemente no Angola Fashion Week.

    Você pode acompanhar o incrível universo multicores da nossa toda colorida Magá Moura em : www.magamoura.com


     Luíza Brasil

    luiza2


    ”  Tudo que reluz e tem animal print é ouro ! ”

    Formada em jornalismo  pela PUC – RJ e em Moda e Styling pela London College of Fashion.Luíza Brasil é Coordenadora de conteúdo no site Costanza Pascolato, além de fazer colaborações no Rio ETC.

    Atualmente tem desenvolvido seu  projeto pessoal o mequetrefismos, junto com o Jota C Angelo  – O Último Black Power . e a Estilista Thais Pires. E se mantém colunista no site Modices da Carla Lemos.


  3.  Loo Nascimento

    baia1
    Foto : Dresscoração

    Braseaaaaaaaaaal vem cá quem não conhece a Loo? Idealizadora da Dresscoração Junto com a sua irmã a Luma.A Loo também está assiduamente envolvida com as suas particularidades e talentos para moda. Além do seu projeto principal  que é a Dresscoração,onde exercita a sua função de Coolhunter, de um modo hiperativo no garimpo brazuca de estampas, para cumprir integralmente a concepção de Bráfrica. Entretanto as suas raízes foram se expandindo e hoje estão atreladas a  dois projetos paralelos  sendo eles o Loo.Pro.Doo onde investe o seu talento em produções independentes , e o ILoostre que trás seus trabalhos em ilustrações.

    O Papel da Loo dentro da moda Brasileira é  facilmente visível a partir do momento em que  ele interage  com as culturas de massa, trazendo e aflorando a Brasilidade existente em cada um de nós.


  4. CATSU

    11779786_861759977234094_2955846057164113472_o
    Foto retirada daqui ó  @lovemisslillyb

    Um nome que vale por três singularidades , Gosto de dizer que elas são totalmente singulares contudo totalmente complementares.  Catarina , Suyane , Lídia  Este trio formam atualmente a  CATSU um nome pequeno porém marcante.Para compreender o que é a CATSU é melhor observar como elas se denominam “Três meninas pretas em São Paulo, um monte de moda, arte e uma câmera.”  Esta denominação é o titulo do artigo da CATSU para um dos atuais movimento de referência em moda afro – o  Afropunk. Leia a matéria na integra aqui : We Are Brazilian Creative Team Catsu Street – “Three Black girls, a lot of fashion, art and a cameraComposta pela predominante presença feminina a CATSU é perceptivelmente cheia de personalidade e criatividade  desenvolvida a partir da vivencia  que cada uma de suas integrantes. onde o conceito é trazer a frente de seus editoriais pessoas reais.

    ” Mãanss, Wanessa todas as pessoas são reais.” Sim são! Contudo a concepção da CATSU é trazer a frente do seus editoriais pessoas que não estejam inclusas no padrão eurocêntrico e interligar isto  ao Street wear.

    Para que você possa entender o papel da CATSU dentro da moda é a inclusão da produção de moda  independente e inclusiva.

    De dentro da Catsu foi onde consolidou-se a carreira da  Deise Nicolau, Que saiu da CATSU para a capa da ELLE BRASIL. Além da CATSU  já ter atuado com Magá Moura e as principais  marcas   NikeAdidas, Puma , Insanis  dentre outras.

    Acompanhe o trabalho as dextruídoras da CATSU aqui óh catsublog.tumblr.com

    11351118_1571055296490799_6626466600653471292_n
    Foto de ELLE BRASIL


     Pausa para o respiro 😛

    Quando começo a escrever sobre estas duas a baixo o meu coração se enche de uma forma imensurável.


    Elas me retratam! Porque eu Wanessa Yano ainda resido na periferia de São Paulo.E mesmo que eu vá a Paris a minha essência periférica nunca irá sair de mim.

    Eu vivi parte da minha vida ❤ moda mas  ouvi constantemente  ” Para com isso” , ” isso não dá dinheiro “, “Num tem futuro” ,”É pra quem já nasceu bem “, “Cê tem que estudar algo que te dê dinheiro” E dentro da minha realidade isto é constantemente aplicado desde a infância até a vida adulta.

    E não é só apenas para quem sonha em fazer moda não é mesmo?! Quantas vezes te disseram “ Você tá sonhando!”, ou  te questionaram tem certeza que vai cursar isso mesmo?

    A Cibele, e a Cynthia falam por mim, e por muitas outras mulheres que  constituem esta realidade. E elas estão aqui representando muitas mulheres negras que fazem moda ma primeira pessoa que vêem da mesma realidade  que nós. Contudo elas estão a frente abrindo caminhos para que outras Wanessas, Cynthias, e Cibeles possam crer, ser e fazer!

    Elas mudaram o rumo de suas histórias, fazendo o que amam. Se tornaram referencias de uma história em que não haviam protagonistas. Estas mulheres estão criando o caminho  para a inclusão , e ligação da moda Afro- Brasileira a história da moda em sua amplitude, apontando  a construção da moda Afro.

    É tanta admiração que não cabe apenas nestas linhas.


  5. Cibele Costa

    “É uma luta que eu espero que sirva de lição pra essa galera nova, sabe de inspiração! “11221391_839093462836824_8147030507130793985_oFotógrafo: Fabrício Meilhac

    O errejota – RJ está transbordando de meninas que fazem moda na primeira pessoa. Talvez no final do ano eu precise fazer um top 100, ou melhor um top 1000 pra incluir tanta gente bacana.

    Eu conheci a  Cibele através  desta reportagem aqui : Conheça cariocas que, assim como Danda de ‘I love Paraisópolis’, são it girls de comunidades

    Leia mais: http://extra.globo.com/mulher/moda/conheca-cariocas-que-assim-como-danda-de-love-paraisopolis-sao-it-girls-de-comunidades-16299455.html#ixzz3iQfrJaBk

    Eu como sou louquinha das ideias fui adicionando no Facebook, ela logo me aceitou. Porem foi ficando lá , eu pouco a pouco fui me aproximando.Pois não queria ser invasiva.Mas com o tempo fomos conversamos e vendo nossos pontos em comum.

    A Cibele atualmente é Stylish  ou melhor dizendo Produtora de moda em uma das mais influentes marcas de moda brasileira, A Farm. E vem ganhando destaque no trabalho realizado. Já deu as caras em um dos melhores sites de moda urbana do RJ o  Rio.Etc

    Em nossas conversas a Cibele  me disse : ” A Moda tem uma responsa e tanta e tomara que com o tempo e com todos essas pessoas que temos de exemplo e inspiração mudem,mudem para melhor ”

    Fruto da Cidade de Deus no RJ a Cibele está galgando seus passos pelo universo da moda. E de fato muitas pessoas não percebem isto. Apesar do rebooou que aconteceu com a FARM é as mulheres negras após a representação de um orixá de origem africana ter sido retratada  através de uma mulher.

    O papel e a participação da Cibele junto com a Juliana Luna  foi fundamental para o desenvolvimento da FARM após o acontecimento, para que a marca pudesse criar novas perspectivas quanto a representação da mulher negra em moda, e  suas representações.

    Quando questionada Cibele sobre a sua importância quanto profissional, e o olhar das demais pessoas para com ela pós o incidente ela me responde.

    ” Então as pessoas vêem isso, as que são bem próximas percebem, E as que não de perto me vêem como representante ,mas estou ali por mim e por elas também,não deixo a peteca cair sabe. E  O único momento que ouvi crítica foi bem quando entrei pelo fato de ter sido no mesmo momento que ouve o salseiro da foto da Iemanjá e da coleção black retro. Mas eu vi isso como um espaço a conquistar e mergulhei pra aprender profissionalmente e mostrar que aquele espaço ali também é meu e das meninas negras, que moram em favela, gostam do subúrbio tem black ou é careca mas tem respeito e está alí por uma luta.”

    A Pretinha é formada em Produção de moda pelo SENAC e pretende  se graduar no IED.


  6. Cynthia Mariah

    10353098_894347570595244_6298258406519680007_n Foto de Oscar Steiner

    Pra eu a Cynthia é a prova da frase: Eu Sonho, eu quero, eu conquisto!”
    Para falar da Senhorita Mariah ❤  sempre me vem a música:

    ” Mas é preciso ter força , é preciso ter raça
    É preciso ter gana sempre ,quem traz no corpo uma marca.Maria, Maria .

    Mistura a dor e a alegria .Mas é preciso ter manha ,É preciso ter graça
    É preciso ter sonho sempre !
    Quem traz na pele essa marca ,possui a estranha mania de ter fé na vida”

    Cynthia Mariah, talvez você já tenha a visto por aí. com a sua arara cheia de suas criações e com ela a sua  AMADA.
    Aimée.

    Quando eu a conheci  ela despertou em mim a coragem do eu posso, e é por isto que eu me sinto honrada de hoje deixar aqui o legado desta e outras mulheres negras. E a pluralidade de mulheres negras em que elas representam.

    Mas falar da Cynthia é ter certeza de que você pode mudar a sua história.

    Ela é Uma mulher Negra, Periférica,  e Mãe Solteira. e de uma garra incalculável. A Cynthia é dessas que fazem do sonho uma resistência e de fazer dar na cara da gente o que ela faz.

    Recentemente ela passou por um incêndio, onde perdeu algumas coisas materiais do seu Ateliê, salvou a vida da sua filha, e junto com o namorado salvaram a vida de mais outros dois senhores. Tudo isso em meio a sua criação para a II Mostra de Criadoras em Moda: Mulheres Afro-Latinas.
    Mas não pense você que ela desistiu em meio aos sorrisos e lágrimas Cynthia Mariah , esbanja a sua  nova coleção de 2016  e diz  ”  Eu não sei de onde eu tirei forças, isto? só Deus sabe. E é certamente a minha melhor coleção, nela vai meu choro, meu desespero, estou eu na integra.

    A gente sabe disso né Cy?! Mas não foi apenas este acontecimento em faz da trajetória da Cynthia nobre.

    Ela cursou uma parte da graduação em Design de Moda com a Aimée nos braços, sem grana e estudando pelas diversas bibliotecas de São Paulo.

    Eu fecho os olhos e me lembro dela me contando sua vida, e me  dizendo ” Nossa, foi barra  teve vezes que eu não tinha com quem deixar a Aimée e pedi para o coordenador me deixar levá-la comigo as aulas.”

    10584013_672259319518457_2017352452160116750_n
    Eitaaa Aimée ❤

    Eu tenho orgulho poder lhes contar dessa trajetória , Pois hoje a Cynthia Mariah faz parte da Mostra de criadoras em moda: Mulheres Afro Latinas  idealizada pela Bárbara Esmenia , que atualmente está em sua segunda edição. Cujo o tema desta rodada é “Moda Afro no Plural”

    O que me assusta é não mobilização para um feito como este tão grade na história da moda, A Mostra de Criadoras em moda Afro Latinas , é um feito para potencializar mulheres negras criadoras e a nossa moda Afro – Brasileira, que ainda está em construção. Uma mostra que trabalha e trata as vivências das mulheres negras em moda.E que parte para a concepção de democratizar o acesso à cultura através da pluralidade,a ainda de forma acessível e gratuita  E me emociona muito a presença de  Cynthia Mariah, por toda essa bagagem em moda Afrocentrica que ela trás.

    Não apenas ela, mas todos os presente como Abayomi, Xongani, África Plus Size Brasil  ( Falarei em breve sobre as plus size negras e o trabalho da África Plus Size Brasil. ) e as meninas do  Manifesto Crespo. Que me possibilitaram o encontro com seus trabalhos nesses quatro anos que tenho trabalhado com moda.
    1978858_1621723344752363_4409055241867185473_n

    Com elas eu aprendi que SER é melhor que TER! e aqui estou eu sendo eu e retratando as minhas vivências com todas essas mulheres que passaram pela minha vida e que deixaram um pouquinho delas em mim. Para que hoje eu pudesse construir, e ser o que sou.

    E certamente nós do Esseésómaisumblogdemoda estaremos lá para prestigiar ❤

    Então eu te peço, dê muted no mudo e siga seu coração!

    Ps. O wordpress sabotou o meu texto anterior  😦

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Kamila Gonçalves disse:

    Obrigada por esse post belíssimo. Sou estudante de jornalismo e apaixonado por moda, mas não tinha noção de toda essa beleza negra envolvida no mundo fashion. Estou muito inspirada!

    Curtido por 1 pessoa

  2. elicesena disse:

    Amei! Meninas lindas demais. Representatividade: tá tendo! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s