A relação das mulheres negras com as indústrias de cosméticos brasileiras, tem sido diferente da situação Modelo Internacional Nykhor Paul?

Na última segunda – Feira (6/07) a modelo internacional  Nykhor Paul,  derrubou todos os forninhos no Mercado da moda  após sua postagem no instagram. Onde criticou severamente a Indústria da Moda .  Dizendo –   ”  Queridas pessoas brancas no mundo da moda! Por Favor não me leve a mal, mas está na hora de vocês começarem a fazer está merda direito quando se trata de nossa pele! Por que eu tenho de trazer a minha própria maquiagem para um show profissional, quando todas as outras meninas brancas não tem que fazer nada,  Que merda!! Não tente me fazer sentir mal, porque eu sou preto azul ¹,É 2015  Mac, Bobbi Brown, Make Up For Ever, Iman Cosmetics, Black Opal e até Lancôme e Clinique já foram além. Hoje existem tantas opções para a pele negra. Um bom maquiador viria a se preparar e pesquisar antes de  vir para o trabalho, porque muitas vezes você sabe o que esperar especialmente em um show! Pare de se desculpar é insultante e desrespeitoso para mim e minha trajetória  não ajuda, sério! Faça um esforço, pelo menos! Isso vale para NYC, Londres, Milão, Paris e Cidade do Cabo, mais todos os outros lugares que têm problemas com os tons de pele negra.  Não é só porque vocês  reservam alguns de nós, isto não significa que vocês tem o direito de nos forçar. Estou cansada de reclamar sobre não conseguir book como uma modelo negra e eu definitivamente estou super cansadas ​​de pedir desculpas pela minha negritude !!!! A moda é arte, a arte nunca é racista deve ser inclusiva a todos não só as pessoas brancas, merda! Começamos a moda em África e vocês a modernizaram e copiaram! Por que não podemos fazer parte de forma plena e igualitária?” (  tradução integral do texto , a versão original você poderá ler clicando aqui )

340fbdd34de33850647e0ebd452d4bdeFoto retirada do Instagram – @ Nykhor.

Mas como sempre, o tabu da mídia nos direciona a olhar apenas para a sua consequência, e não a para causa.
A modelo a partir de seu relato nos impulsionou a observar diversas questões embutidas quando o assunto é  beleza. E assim levantando pontos como a autoestima da mulher da mulher negra, a indústria da moda para os modelos negros, o mercado de cosméticos e beleza para o público Negro, além de outros apontamentos que são ramificações deste e complexo universo que é a mulher Negra e a sociedade.

Quando Nykhor menciona ” Não tente me fazer sentir mal, porque eu sou preto azul.”  Entendo que que ela deixa nitidamente claro, que está com a sua  autoestima em alta . E que ela está muito bem com isso , e obrigada!

Mas isto não ocorre apenas com a Nykhor.

Eu em meu cotidiano, vivo isto. E muitas vezes sinto que a minha autoestima , incomoda.
Você pode até dizer . ” aaah Wanessa, para! ” e eu vou entender  e responder exatamente como a Nykhor. ” Não tente me fazer sentir mal.”  Porque se eu não estivesse com ela “em dia ” ,Alisar o cabelo seria a minha primeira opção , e raspar nem entraria no meu vocabulário.

Cara, toda mulher negra  com a autoestima elevada, é denominada metida, nojenta, insuportável e cheia de si. O Fato é que vivermos em uma sociedade com um padrão de beleza Eurocêntrico e isto faz com que  é função involuntária dos  que concordam com isto  seja  simplesmente tentar diminuir a importância,e negar a beleza  que não esteja enquadrada neste padrão.E para venderem isso eles simplesmente colocam  produtos e serviços  cujo você necessitaria a todo custo para aumentar a sua autoestima. E certamente funciona.

A Mulher negra , se relaciona muito bem  com a autoestima dela quando  tem suas concepções e convicções  formadas. E se exala isto visualmente. E isto eu posso afirmar de uma forma sólida é só observar ao seu redor a quantidade de mulheres negras pelo qual você admira por algum motivo, seja os cabelos e tranças coloridas, a sua coragem, a ousadia. ou até os cortes  denominados masculinos. E sabem o que elas fazem ? Cantam uma hora de f ** !  Sabe porque?

A Mulher negra no Brasil possui uma trajetória de protagonismo, e de proatividade.
Não me venha dizer ” Mas, Wanessa!” Não, Não até as nossas ancestrais tiveram este posicionamento.
E simples de analisar, foram Abusadas fisicamente,moralmente  e principalmente psicologicamente.Contudo
Trabalhavam, Cuidava de seus filhos e dos outros, e ainda sim tinham tempo para suas festividade ,e para isto a manutenção da sua vaidade. Para mudar a sua história e de seus próximos Criaram as Jóias de Crioulas. para comprarem a sua liberdade, e assim criaram irmandades…e etc..
Hoje ,nós queremos  sempre ser as  primeiras  e as únicas a serem carecas, ou a ter o corte quadrado, ou o cabelo desenhado, ou por qualquer coisa que não se tenham.E é por isto que  criamos as nossas referências .Que nasceram da ausência da nossa representação em seus meios.

Pensando desta foram e levando em consideração as situações cotidianas vividas em nosso país. Questiono-lhes :

Qual mulher negra no Brasil que não passou pela situação da Modelo Nykhor Paul?

A nossa grande diferença é que passamos por isto a todo tempo. E ainda temos um iceberg gigante entre a indústria, os  profissionais e nós consumidores.

Eu mesma muitas vezes  já me peguei entrando em perfumarias, ou  em cursos de  maquiagem e não me senti contemplada com a situação, pois muita das vezes o tom era a cima nunca o certo, sempre ficava com o rosto cinza.

Quem nunca foi pra balada ou em alguma ocasião e disse 😛 “ Por favor , tira a foto sem flash, minha make fica melhor.”
ou quantas vezes você saiu DIVA de casa  foi pra  balada e  quando sai as fotos do “rolê ” , Vrááá, tá lá a sua foto, diva mas com a rosto mega cinza. É AMIGA, sinto lhe dizer , isso não acontece só com você!

Por diversas vezes passei por isto, e então fui buscar capacitação em tutoriais, blogs, aulas, e com o passar do tempo pude analisar que  além da precariedade de referências profissionais , há uma carência extrema para produtos aqui no Brasil.

Me recordo que no ano de 2009/2010  Havia uma linha incrível do Duda Molinos

DSC02320

Paleta de cores  de Corretivos  da Coleção do Duda Molinos 2010 – foto retirada do blog  O Closet da Bela
Os valores na época variavam de R$20,00 –  R$50,00 Era super acessíveis , pra se ter noção eu comprava na farmácia.

No decorrer do tempo essa linha foi exterminada , é bem raro encontrar  e tal, e  foi logo depois que a VULT começou a lançar seus produtos em tons mais escuros.  Onde mantiveram apenas os tons mais claros.

Usei todas as possibilidades nacionais, incluindo a Muene. Que por sinal é excelente o grande problema da Muene é que ela não se adaptou as tecnologias mais avançadas, como  aprova d’ água, translucido, bb cream, e outros.

Sobretudo consigo tatear o  interesse e o avanço deste mercado para conseguir nos conquistar como consumidores.

Em 2012 O grupo Boticário surgiu com a marca de maquiagem  Quem disse, Berenice? E  só para retocar a sua memória.

No ano de surgimento a Quem disse, Berenice? Lançou no mercado de cosmético  aproximadamente 11 tons de base para pele negra. E logo após impulsionou  com a campanha Mostre a sua pele, incluindo um aplicativo no facebook para que você coloca-se uma foto sua e logo surgiria a indicação de qual base era apropriada com a sua pele.

600x359xdescubra-o-tom-da-sua-pele-pagespeed-ic-1rpd6bqcbpFoto retirada da internet ( E ache a Nérida na foto hahahahaha)

E sabe o que aconteceu ? Sumiuuuuuuuuu! 😛 Hoje a Berê conta apenas com os tons 15-16-17-18. Apenas em base liquidas mate, Na época a campanha publicitária agregou uma ação chamada ” As cores do Brasil” incluindo  os tons escuros.  A verdade é que não sabemos de fato o que aconteceu para que estes produtos fossem retirados do mercado.
Como empreendedora , sigo a regra lógica de que a  baixa procura sugere a retirada.
Hoje as bases com as melhores tecnologias estão presente apenas nas marcas nacionais em versão de luxo, a versão  BB cream da linha Quem disse Berenice, não atendente integralmente as pretinhas .

O Grupo Boticário neste quesito é um dos poucos que consegue atender as mulheres negras

Em sua linha Make B , a Boticário conta com um das maiores opções sendo elas Base líquida nas cores.
Bege Chocolate 50 / Bege chocolate 52/ e Marrom chocolate 54 – sendo este  tom mais escuro que  a base 18 da Quem disse,Berenice.
Se mantendo ainda no mesmo Grupo, entra a Eudora – com as suas bases – bege médio 4/ Marrom 01/ e Marrom 02.
A Avon Vem com os seus tons  Marrom Claro/ mel/ caramelo e chocolate.

Ahh, lembra da Phebo? não lembra dos perfumes da sua vó e o velho sabonete de glicerina pura ( sim que é incrível para pele) Então, a Phebo também possui  um Mix de bases para pele negra, sendo os tons, Noz, Canela,Avelã e  Cacau. Mas atualmente  quem tem ganhado destaque é a  Mary Kay  com a suas bases Bronze 2 e 7.

A Max Love, Dailus, Natura e  continuam com o seu mix padrão.

Sobre as base BB Cream o tom mais escuro atende aproximadamente o tom de pele da 14º da foto da campanha mostre a sua pele.  😦

Se para nós meros usuários é complicado,  imagine  para os profissionais?

E para dizer que SIM , eles existem aqui eu sou eu!
Produzida pela Carol Romero e Clicada pela Amanda Marques
dsc_5420

E Para quem não a conhece a Carol Romero atua como é maquiadora profissional especializada em pele negra há 8 anos, é formada pelo Senac SP e pela Escola MADRE Conhecimento Criativo  no curso de Advanced Make up com  com a  Juliana Rakoza  ( Maquiadora no Studio W Iguatemi. Foi treinadora da MAC por 7 anos e agora vencedora do Prêmio Avon de Maquiagem 2013 na categoria Editorial), Além de cursos de aperfeiçoamento  , Penélope Beolchi, e Sylvia Tambeiro.( instrutora de cursos, especializada na Academy Makeup For Ever e Mac Pro em New York.) Caroles
Carol almeja se aperfeiçoar com  Max Weber ( um dos maquiadores mais requisitados do Brasil. Contratado por marcas que desfilam no SPFW e no Fashion Rio) Ricardo dos Anjos ( presentador do programa “SOS Salvem o Salão” do canal GNT, proprietário do salão House Of Beauty e maquiador de editoriais, campanhas e desfiles.)

Por trabalhar profissionalmente , ela sempre está em busca do melhor. Trabalhando com  diversas marcas profissionais como Kryolan , MAC ,Urban decay , Nars , Revlon, NYX, Marina Smith, BH Cosmetics, Benefit Comestics, BenNye, Make up for Forever, entre outras.
Mas não para por aí, a pretinha  tem um portfólio incrível  de Trabalhos realizados com Thaíde, Anélis Assumpção (Revista Época), Lady Di. Produção de comerciais para o Extra Supermercados, Fraldas Huggies, Carrefour ,Dove, TV Minuto e outros.

Talvez você já tenha a visto por aí, a Carol esteve presente nos  eventos: Beauty Hair, Feira Preta e Hair Brasil..

E  hoje trouxemos ela aqui  para se posicionar quanto a esta situação.
Que reflete a realidade da Mulher Negra Brasileira, em sua maioria.
A Maquiagem tem alguma relação histórica com nós Negros?
A Maquiagem é um artificio feminino utilizado para disfarçar as imperfeições e realçar a beleza desde os egípcios até os dias de hoje. Acho que o Egito fica no continente Africano. não? ( risos)

Quando você diz imperfeições, é embutido num padrão eurocêntrico de traços finos?
Não, a imperfeição tem haver com a autoestima, aquilo que olhamos para nós mesmas e que gostaríamos de diminuir, e dos traços e aspectos que gostamos e desejamos deixar em evidência.

Você vê alguma dificuldade para a mulher negra consumir estes produtos ?  E Profissionais  estão em falta?
Ultimamente tem sido difícil para a mulher negra, pois o mercado nacional não está preparado  para lidar  com esse tipo de beleza, que vem a cada dia conquistando mais espaços. e na proporção que se amplia este lado diminui com a  restrição de produtos. Pois aqui no Brasil, não há uma falta produtos de maquiagem para pele negra.  Dizendo isso afirmamos que a indústria não os produzem, o que falta é a variedade destes produtos,  E por isto os Profissionais não sabem e não conseguem chegar nas tonalidades corretas, Não significam  que não sejam capacitados. Outra Dificuldade destes profissionais é que para adquirir produtos de fora o custo é alto e os que estão iniciando normalmente se capacitam mas e não conseguem comprar estes produtos,  acabam se adaptando com o que tem é então a qualidade não é excepcional e o valor é mais barato. Já  serviços com Profissionais, normalmente costumam ter o valor mais alto, isso não é apenas para a minha área , mas para todas que investem em  tecnologia, capacitação  e principalmente qualidade tudo isso é sim atribuído ao valor.

Porque usar os produtos importados?

A Diferença dos produtos nacionais para os importados é que as grandes marcas tem uma variedade muito grande para a tonalidade da pele negra.

Usamos o circulo cromático para a percepção do tom da pele e as suas variações.  Em consultoria de Maquiagem costumo explicar as meninas que tonalidade de pele possuem. para que possam mixar  os produtos e se caso forem adquirir produtos importados, a Marcas internacionais  trabalham com a classificação do Circulo, pois  é ele quem nos dá uma perspectiva dos tons , e este modo é usado mundialmente por qualquer profissional que trabalhe com o visual.
 Você como profissional consegue ver alguma movimentação de mudança, para a melhoria disto?
Vejo que há um empate. Se as consumidoras não reclamam e a indústria nacional também não produz. E Se as marcas nacionais, não se movimentarem para resolver este problema, o interesse a importação cresce. E Então todas estas marcas começam a migrar. Um exemplo valido é o da Marca maybelline que lá fora possui uma imensa gama de produtos para a pele negra e que já esta atuando com no mercado aqui no nacional porém ainda não trouxe seu nicho de produtos para as negras. E que além dela a MAC  já começou a se  movimentar , por aqui!  E de verdade isto é bom, porquê força as nossas marcas a produzirem com a qualidade que estas grandes marcas possuem.

Já quanto ao consumidor, ninguém consome algo sem indicação, com a internet é só dar um google ( risos)  que poderemos ler os comentários e  avaliações a tendência é este hábito se tornar  cada dia mais comum, ainda há um medo em falar, sabe?!  Já começamos  a conversar mais com as marcas sobre o que queremos. há alguns exemplos como as ações sobre a representação da mulher negra na Farm,  As Mulheres Negras pedindo atenção e cuidados para os seus cabelos, e então aí a linha da Tresemmé, Para Maquiagem é a mesma coisa, evolução, e evolução.

Existe uma baixa autoestima presente nas Mulheres Negras?

Na maioria das mulheres que me procuram, Não!  Atualmente são mulheres já com as suas próprias  referências, e vaidosas. O que existe é a realidade do mercado nacional ,e isto gera medo.

Nossas mulheres Negras estão carregadas de medo.  O que é  bem diferente de baixa autoestima.

Na minha área  ocorre é  medo latente sobre o resultado final não ser o desejado,pois já estamos habituados  a sermos relacionados a produtos e serviços  de baixa qualidade. Normalmente motivados pela carência de capacitação.

Inicialmente a procura para é a redução  do aspecto acinzentado na maquiagem, Mas como mencionei  trabalho com perspectiva de cores.É o equilíbrio delas é isto que não deixará a pele em tom de cinza. Hoje eu sinto que  além da minha especialização este é um dos meus diferenciais.

Há o mito da Base , é verdade?
Encontrar uma base,  próximo ao tom natural da pele, não é uma tarefa difícil. Os modos de se procurar essa base é que estão errados !  Ensinam a achar esse tom pelas mãos, ao invés do colo, e no rosto.
Também criamos um conceito de Base ideal, e  base perfeita. tudo isso para uniformizar a pele.
Se a intensão é deixar a Make em aspecto natural, precisamos respeitar a os efeitos de luz , sombra, tons áreas com maior composição de melanina,  e assim ir compondo.

Porque devemos procurar os profissionais?
Com a internet,  temos acesso a informações e muitas delas importantes, e boas. Fato!
Um Maquiador  profissional,  sabe atender as singularidades e as  necessidades individuais além de ter as ferramentas adequadas para isto. A Consultoria de Make up Pro, exerce esta função criando uma aula particular onde o profissional faz avaliações de  colorimetria ( percepção de cores) , estrutura facial entre outras técnicas.
A Maquiagem é como um desenho, tem suas perspectivas, proporções, geometria, volumes ,profundidades. e segredos também 😛

Para saber mais do trabalho da Carol Romero  acesse:

www.carolromero.com.br 
Facebook.com/Carol-Romero-Beauty
instagram.com/beautybycarolromero

E você, o que tem a dizer sobre  a relação das Mulheres Negras com a Indústria de Cosméticos Brasileira.
Deixe um comentário com a sua opinião.

Nós vemos em breve
:*


 ______________________
¹  Preto Azul, denominação atribuída aos Negros de pele escura.
Esta denominação é baseada no  circulo cromático onde são atribuído a tonalidade conforme a percepção das cores
Anúncios

7 comentários Adicione o seu

  1. Larissa disse:

    Estou adorando os assuntos abordados aqui!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Wanessa Yano disse:

      Gratidão Larissa!

      Somos um corpo de varias pessoas ❤

      Se tiver alguma sugestão para pauta, conta pra gente!

      esseesomaisumblogdemoda@gmail.com

      :*

      Curtir

  2. Elisabete Vieira Kovelsky disse:

    Tenho esse problema também , meu filho e cantor , e negro , sempre temos problemas para maquiá-lo mas o restante da banda são brancos , e pra eles nunca tem problema a maquiadora ja tem as cores que os brancos precisão.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Wanessa Yano disse:

      Elisabete, isto ocorre constantemente. Contudo vejo o mercado de cosméticos se abrir e se atentar a isto.
      Talvez seja um processo que leve alguns anos até a indústria realmente “acertar”.
      Já sobre os maquiadores há uma gama de bons profissionais qualificados para atendê-la.
      Se for útil podemos ,listar alguns para vc ❤ Será uma honra

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s